4 de junho de 2005

Trapattoni e a mulher

Depois de Trapattoni ter dito que era a mulher que iria decidir da permanência dele à frente da equipa técnica do Benfica. Veiga e Vieira decidiram que a mulher de Trapattoni deveria ficar a trabalhar na luz depois desta conversa:

Mulher de Trapattoni: Caros senhores, o meu marido não fica cá, ele tem saudades de Itália, dos netinhos e disso tudo.

Veiga e Vieira: Nós compreendemos.

Mulher de Trapattoni: Mas digo-vos já que o Camacho não é grande coisa. Você devem contratar o Koeman. Lembram-se do ano passado? Vocês escolheram o Trapattoni depois do Porto ter escolhido o Del Neri só para demarcar a diferença entre um e o outro do género “vocês contratam um italiano desconhecido, nós contratamos um italiano que já ganhou 20 troféus”. Este ano se o Porto contrata o Coo Adrianse vocês contratam o Koeman e mandam o Álvaro Magalhães vender nougat que ele com aqueles gritos consegue fazer uma bancada inteira em 3 vezes menos tempo.

Veiga e Vieira surpreendidos com os conhecimentos da esposa de Trap.


Mulher de Trapattoni: Já agora contratem o Jorge Luiz que é o melhor lateral esquerdo da liga e mandem o Fyssas para o Alverca que o gajo vê-se grego para correr. Contratem o Laranjeiro do Leiria o homem faz todo o corredor direito e assim podem colocar o Geovani mais por dentro que é como ele gosta de jogar, e vendem o Miguel. Para o meio campo contratem o João Alves do Braga que é um médio que inicia muito bem a transição defesa ataque através de passe curto e triangulações para uma melhor alteração de ataque directo para ataque continuado e muito melhor circulação de bola muito do estilo do Koeman. Depois no ataque comprem o Wender que é muito bom e faria boa dupla com o Nuno gomes.

Veiga e Vieira admirados perguntam-lhe se quer trabalhar no Benfica.

Mulher de Trapattoni: Sim. Saibam que os jogadores que eu disse já estão todos contratados.

Veiga e Vieira estão maravilhados com a velha.

A velha sai e vai falar com Trapattonii para preparar a ida para Itália. Ela diz-lhe qualquer coisa descabida e Trap diz-lhe “Não me digas que ainda não tomaste os comprimidos! Da outra vez que não tomaste andavas aí com o Jorge Mendes e a malta da MSI a tentar comprar o Liedson, tem juízo pá…