2 de junho de 2005

Psicólogo

Eu ando no psicólogo. Na primeira consulta eu comecei a dizer-lhe que tinha tendências suicidas. Comecei a contar-lhe: “Xô doutor, de manhã aparece-me um gajo a tentar vender-me o borda d´água, passado um bocado outro tenta vender-me a revista cais, vou a um supermercado e perguntam-me se eu tenho o cartão dominó, cobram-me os sacos e depois pedem-me 13 cêntimos para facilitar o troco obrigando-me a tirar todas as moedas da carteira e de todos os bolsos até perceber que só tenho 12 cêntimos. Vou no meio do Colombo aprece-me um gajo a perguntar “tá interessado num cartão de crédito CityBank? Passado um bocado aperece-me um gajo a dizer “Já tem o adsl do Sapo??” Chego a casa telefonam-me a perguntar se eu quero mudar para a Oni…Quero morrer senhor doutor, não aguento mais!!! E ele diz-me: “ Meu amigo isso é normalíssimo. É normal isso, se não te quisesses matar é que era estranho. Já agora gosta de Paulo Coelho?? Já tem o último?? São só 9 euros é a promoção”.