10 de fevereiro de 2011

PS opta por distribuir dividendos pelos accionistas apesar da crise

Apesar do governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, ter recomendado vivamente às instituições financeiras que este ano não distribuíssem dividendos pelos accionistas, o Partido Socialista prepara-se para abdicar do reforço dos rácios de capital, ignorando as circunstâncias que prevalecem nos mercados financeiros internacionais e na economia portuguesa. “O conselho de administração do Partido Socialista decidiu propor à assembleia geral que sejam distribuídos dividendos com fartura pelos accionistas. Os resultados do exercício de 2010 do nosso partido foram fabulosos. Os nossos capitais estão fortíssimos. Ficámos classificados em primeiro lugar nos testes de stress de partidos políticos europeus”, afirmou o CEO do PS, José Sócrates.