4 de fevereiro de 2011

José Sócrates decide fazer vacinação intensiva para poder viajar para todos os países exóticos para vender a dívida

José Sócrates está disposto a percorrer qualquer local do planeta para vender a dívida portuguesa. Além de já ser o melhor cliente da loja Coronel Tapioca, de reunir centenas de contactos de couchsurfing, de ter adquirido um chuveiro portátil, máscaras para não morrer nas tempestades de areia, sandálias de borracha para vender dívida em corais sem se picar e um adaptador de tomadas, o primeiro-ministro já iniciou uma mega-maratona de consultas de saúde do viajante com dezenas de médicos especialistas em medicina tropical. Além de querer cumprir na perfeição o Regulamento Sanitário Internacional, José Sócrates vai ser vacinado contra a Meningite Meningocócica, febre tifóide, febre aftosa, febre amarela, febre de sábado à noite, cólera, difteria, encefalite japonesa, hepatite A, hepatite B, poliomielite, raiva, tétano e ainda 1500 vacinas protótipas contra todas as doenças raras listadas no National Institute of Health. Para terminar em beleza o plano de vacinação, vai consultar paleopatologistas, estudiosos de doenças antigas, porque acredita que brevemente vai ter um DeLorean eléctrico para vender dívida em viagens no tempo.