6 de outubro de 2006

Doping no xadrez: russo acusa ampolas sargenor, centrum e filmes de Bergman

O xadrezista russo, campeão do mundo, afirmou-se hoje inocente no caso de "doping" descoberto em Vladivostock e que levou à sua exclusão do Mundial. "Estou inocente. Tomei apenas magnésio porque dá mais força aos músculos das costas. Se o meu corpo foi capaz de transformar magnésio em sargenor ou centrum isso já não é responsabilidade minha", afirmou o xadrezista ao jornal Notícias de Almada. O xadrezista acrescentou que nunca viu um filme de Ingmar Bergman e que tudo o que conquistou na vida foi produto de muito treino de xadrez e de forma séria e honesta. “Eu informo o meu clube de todos os programas de televisão que vejo. Espero que a contra-análise detecte os dois filmes de cães, putos e monstros que vi domingo à tarde na TVI”, afirmou.