18 de outubro de 2006

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros quer novos membros da União Europeia, novos planetas e novos rios anualmente até 2020

O período de vigência dos manuais poderá ser reduzido nos casos em que «o conhecimento científico evolua». As editoras de manuais escolares já se mostraram disponíveis para contribuir com tal evolução como já tinha acontecido com o apoio dado aos separatistas tchetchenos e o financiamento de investigações que coloquem em causa, diariamente, verdades cientificas. Segundo o responsável da Comissão do Livro Escolar da APEL, Vasco Teixeira: “Queremos novas espécies humanas diariamente e novas serras em todos os Setembros. Há quanto tempo não temos um novo continente? Um novo oceano? Temos de animar mais isto. Devíamos aproveitar o consumismo do Natal para lançar novos manuais actualizados para o 2º período”. As editoras já prometeram um manual novo de Informática cada vez que haja um site novo.