18 de outubro de 2006

Descoberta nova doença relacionada com a alimentação: doença do solteiro/divorciado que vive sozinho

O II Congresso Internacional da Alimentação terminou ontem, num dia em que o tema central foi a relação entre a alimentação, a saúde e o estado civil. Os solitários que ingerem em excesso atum em conserva com massa correm o risco de sofrer de doenças cardiovasculares, sonolência e encalhamento. Os solteiros/divorciados do sexo masculino têm diversas doenças associadas ao estilo de vida como bateria do telemóvel muito fraca, vista cansada devido às 12 horas diárias passadas no Messenger e artrites devido ao envio diário de 200 mensagens. As mulheres sofrem de mialgia de esforço devido a um síndroma que provoca uma locomoção rápida para evitar piropos, torcicolos devido ao vício de visionar, em andamento, a sua silhueta em montras e têm também a vista e o dedo cansado por passarem 12 horas por dia a fechar janelas no Messenger.