11 de abril de 2008

Alunos usam tambor das Magnum 4.5mm para esconder as cábulas

O número de armas levadas para as escolas está a aumentar, como alertou Pinto Monteiro, o Procurador-Geral da República. Segundo o relatório da PSP sobre o programa Escola Segura, no ano lectivo anterior foram apreendidas 260 armas. As armas usadas pelos alunos estão a ser usadas para seu benefício durante os testes de avaliação e não apenas para fins violentos. Segundo o mesmo relatório, as miras ópticas das glock modelo 17 calibre 9mm são as favoritas dos alunos do terceiro ciclo e secundário para esconderem post-its com fórmulas de trigonometria ou noções sobre a fotossíntese. Os alunos de classes sociais mais baixas costumam levar as baionetas dos pais e usam pedras de amular para escreverem as cábulas na lâmina. Entre os alunos do pré-escolar e do primeiro ciclo, tem-se registado um aumento do uso das Remington XP-100 ou das Sniper 122.2 - os petizes colocam os nomes de animais mamíferos dentro da câmara das carabinas e usam os respectivos coldres para esconder a tabuada.