4 de fevereiro de 2008

Polícia apreende bilhetes de candonga para a Ópera de Emmanuel Nunes

A Polícia Judiciária desmantelou uma rede que se dedicava à comercialização ilegal de bilhetes para espectáculos de música erudita. A acção da polícia decorreu durante o dia da estreia da Ópera de Emmanuel Nunes, "Das Märchen". Segundo a polícia, quatro indivíduos estavam à porta do Teatro Nacional de São Carlos a tentar vender bilhetes para a Plateia a 500 euros e para o balcão de 3ª ordem a 300 euros cada, tendo-se registado outros casos de venda ilegal de bilhetes à porta dos outros anfiteatros que transmitiram via satélite o espectáculo do São Carlos em ecrãs gigantes e com legendas. A polícia encontrou no armazém que funcionava como quartel-general do gangue grandes somas de dinheiro, material electrónico sofisticado e milhares de bilhetes falsificados para os espectáculos a realizar durante 2008 - A Flauta Mágica, Madame Butterfly, Tosca ou La clemenza di Tito, a última ópera composta por Mozart.