7 de fevereiro de 2008

Messenger de bombeiros de Canedo e Alijó tem o mail de operadoras do INEM bloqueado

Os problemas de organização e de comunicação entre os bombeiros e o INEM não estão exclusivamente relacionados com as chamadas telefónicas. A comunicação via Net, pelo Messenger também tem tido problemas. Muitos casos de emergência são tratados de forma pouco célere porque, enquanto estão a teclar com as operadoras do INEM, os bombeiros têm demasiadas janelas de conversação abertas e não tomam suficiente atenção ao caso apresentado. Mesmo quando as operadoras, desesperadas por uma resposta do bombeiro, optam por enviar uma piscadela que faz tremer a janela do MSN e que emite um som de aviso, os bombeiros estão distraídos com outros sites ou têm as colunas desligadas. Outro problema já diagnosticado está relacionado com o facto de os bombeiros não saberem usar o scroll das janelas de conversação do Messenger, acabando por não ver nem ler partes importantes da conversação.