6 de setembro de 2005

Miccoli da Câmara Pereira

Jacinto Mamarracho, benfiquista, considerado pela revista Men´s Health o 3º melhor treinador de bancada/2º melhor analista geo-político de toda a situação da faixa de Gaza/maior construtor civil de Alverca da secção “não metido em maroscas daquelas memo à grande” comenta o novo jogador Miccoli: “ Meu amigo, o Miccoli é o melhor jogador do mundo. Antes de vir para cá estava no Juventus que não tem aquela dimensão mundial do Glorioso. E pronto estava para lá, à espera que a vida “le” desse qualquer coisita. Mas ele agora despertou prá vida, pá! Deixem jogar o Miccoooolliiii!

O mesmo Jacinto Mamarracho confessou-se autor da teoria nº 47 sobre a saída de Miguel para o Valência que tal como as outras 46 fala de “aquilo lá já não estava famoso há muito, pá! Depois houve lá uns desentendimentos entre o Veiga, o Jorge Mendes e o Vieira”. Jacinto além de teórico do desporto-rei tirou um curso “que é o curso da vida, não é como estes doutores d´agora que não sabem nada da vida ” no Luxemburgo mas depois precisou de mais habilitações. Tem como tese de doutoramento “Diálogos subliminares entre Mário Coluna e Eusébio durante o pontapé de canto do minuto 54 da final de Berna”. Tem como hobby ser guru das internetes e tem como novo projecto uma mega-projecto que se trata da bebida Santal Glorioso segundo o próprio: “Uma bebida moderna, para malta jove(n) que gosta de curtir a vida e que tem aquele charme do bicho para lutar contra as dificuldades da vida mas que preza a família e os amigos do Ultramar. É feita com o melhor Courato com extracto do melhor Vinho de Morangueira, Ginseng, Pró-Retinol-A, e Aloé Vera”. Ainda fez aquela piada estúpida do “Alô Vera tudo bem, estás aonde?”, até que eu lhe dei um tiro.