4 de outubro de 2010

Indivíduo apaixonado mostra a amiga que um estudo da OCDE defende uma relação amorosa entre os dois

Além de ser usada para fazer propaganda e acções de ‘spin’ do governo socialista, ao defender o aumento de impostos, a OCDE também já está a servir para credibilizar objectivos pessoais do domínio da vida privada. “Segundo um relatório da OCDE, eu, Carlos Jorge, sou considerado o homem com o perfil ideal para ser o namorado da Sandra. O documento indica que eu sou o único homem capaz de fazê-la feliz devido às minhas qualidades pessoais e inquestionável competência amorosa. Não sou eu que digo, é um relatório de uma organização internacional que agrupa os países mais industrializados do mundo, com mais de 5 décadas de experiência e que coordenou o Plano Marshall. Há uma campanha orquestrada para questionar a credibilidade deste relatório e que tem como mentor um tal de Sérgio, um ex-namorado da Sandra que fê-la sofrer e a traiu dezenas de vezes”, acusou Carlos Jorge.