12 de outubro de 2010

Estagiário falecido vai ser enterrado em caixão em forma de fotocopiadora

Um estagiário de 22 anos, natural de Campo de Ourique, licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, faleceu há dias em circunstâncias desconhecidas junto a um refrigerador de água de um escritório de advogados. O seu funeral teve honras de estagiário segundo os preceitos pré-estabelecidos. Além de cremado na destruidora de papel REXEL 360 do chefe, um helicóptero da empresa de Trabalho Temporário lançou tinteiros e flores feitas com recibos verdes sobre o cemitério e quatro coordenadores em linha recta efectuaram uma salva de tiros de cápsulas Nespresso dos modelos ristretto (cápsula preta), finezzo lungo (cápsula amarela), capriccio (cápsula verde) e volluto (cápsula cobre-claro). O caixão do estagiário era uma cópia perfeita de uma impressora da HP com scanner, fotocopiadora, fax, jacto de tinta térmico, resolução óptica de 1200x2400dpi e tinha uma entrada USB para colocar flores.