24 de agosto de 2010

Sócrates justifica que bombeiros têm feito trabalho notável só que Portugal tem os melhores incendiários do Mundo

O primeiro-ministro tem uma explicação diferente para o facto da área ardida em 2010 ser já superior aos últimos três anos. Apesar do espantoso desempenho dos bombeiros, estes não conseguem competir com os incendiários portugueses, os incendiários com maior conhecimento científico e técnico sobre oxidação e combustão em fogos florestais. “Os incendiários portugueses são profundamente profissionais, experientes, organizados, usam meios tecnológicos de ponta e planeiam cada incêndio de forma detalhadamente doentia e exaustiva. São estrategas, estudiosos e absolutamente obcecados em concretizar tributos aos grandes incêndios da História da Humanidade, como o incêndio da Biblioteca Real de Alexandria, o grande incêndio de Londres de 1966 e o grande incêndio de Roma de 64 d.C. Os incendiários são apreciadores da obra de Homero, que descreve o incêndio de Tróia. Nada a fazer. São génios invencíveis”, afirmou Sócrates.