9 de agosto de 2010

Incendiárias anorécticas queimam árvores de frutos mais calóricos

Um novo tipo de incendiários está a aumentar e a começar a infernizar as matas e a vida dos bombeiros. São mulheres, têm perturbações alimentares e odeiam todas as árvores e plantas, excepto a planta do sene, um laxante. Estas incendiárias escolhem incendiar pinheiros, figueiras, pereiras, castanheiros, nogueiras, amendoeiras, cerejeiras, ameixeiras e pessegueiros e são as responsáveis pelos aumentos dos fogos deste ano. “Por cada 100 gramas, o pinhão tem 200 calorias, a amêndoa tem 647 calorias, a avelã tem 725 calorias, a castanha e a noz tem 700! O arroz, o feijão e a batata também têm muitas calorias, mas incendiar arbustos e leguminosas dá demasiado trabalho para tão pouca destruição”, afirmou uma bombeira bulímica, antes de vomitar 20 dióspiros, 15 abacates e 3 quilos de avelãs para cima de um incêndio.