26 de julho de 2010

Radares de Lisboa serão colocados 20 metros mais à frente para dar tempo ao condutor para atingir velocidade ilegal

A localização de alguns radares de controlo de velocidade vai ser alterada de forma a permitir um aumento brutal da facturação do Estado com as multas de trânsito. De acordo com a equipa de especialistas que fez o estudo de rentabilidade económica, estava por explorar o potencial de alguns radares em locais que impõem o limite dos 50 quilómetros por hora. “Não faz sentido colocar um radar num local onde a maioria dos condutores passa pelo radar a menos de 70km/h e só vai pagar multa de 60 euros quando sabemos que mais à frente o mesmo condutor já vai estar a bater os 80km/h, permitindo sacar-lhe 120 euros. E a partir dos 90 km/h vamos buscar 300 euros, 300 euros!”, afirmou o chulo.