8 de fevereiro de 2010

Calendário do TGV mantém-se mas só haverá carris para o lado direito das rodas

A falta de dinheiro nos cofres do Estado e a pressão internacional sobre o aumento de juros dos empréstimos pedidos pela República vai obrigar a uma pequena reformulação do projecto do TGV. António Mendonça, ministro das Obras Públicas, confirmou aquilo que António Vitorino já tinha dito na RTP: os dois trilhos paralelos destinados ao trânsito de comboios serão substituídos por trilhos únicos. “Não há dinheiro. Porto-Vigo só terá viagem de ida. Já cancelámos todas as encomendas de comboios TGV. Vamos substituí-los pelo elevador do Bom Jesus, o teleférico do Jardim Zoológico e dois ou três eléctricos. De resto, tudo se mantém sem quaisquer alterações”, adiantou o ministro.