23 de julho de 2008

Tiroteio em Loures poderá ter sido originado pelo facto de grupo rival ter baixado preço do DVD pirata do Panda do Kung Fu

Os desacatos ocorridos no bairro Quinta da Fonte em Loures poderão afinal ter como causa principal a disputa comercial pela venda de DVD’s piratas. A comunidade africana terá retaliado depois de alguns membros da comunidade cigana terem sido apanhados a desobedecer ao acordo estabelecido entre as duas comunidades e que fixava em 10 Euros o pack de 3 DVD’s e 5 Euros para um DVD. “Houve um acordo assinado entre nós e a Federação das Associações Ciganas de Portugal. Os ciganos andaram a vender o DVD do filme “O Panda do Kung Fu” a 2,5 euros e ainda ofereciam um par de Crocs. Pior ainda: tinha sido combinado que durante os próximos três meses a versão do Panda do Kung Fu a ser vendida seria a edição filmada numa sala de cinema com som manhoso, mas os ciganos já andam aí a vender a versão em DVD RIP com legendas de qualidade e sem delay”, afirmou o líder da comunidade africana de Loures.