11 de julho de 2008

Ronaldo e Nereida apanhados a trocar carícias deitados em relógio deformado de quadro de Dali

O nível de exposição mediática das férias de Cristiano Ronaldo e Nereida está a atingir proporções sem precedentes. Cristiano Ronaldo e Nereida foram vistos na obra de Salvador Dali, "A Persistência da Memória", exposto no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. O casal foi apanhado por um papparazzi que se aproveitou das características da obra e escondeu-se atrás do relógio deformado, que está colocado em cima do ramo de uma árvore, usufruindo de uma visão privilegiada para fotografar em detalhe as carícias do casal sem ter sido descoberto. Nereida foi também fotografada em topless a colocar bronzeador nas costas de Ronaldo durante a estadia do casal na obra "O Grito" de Edvard Munch, local extremamente romântico já que permite disfrutar do pôr-do-sol da doca de Oslofjord, Oslo. O jornal A Marca, apresentou ontem fotos de Ronaldo a assinar um contrato com o Real Madrid num quadro de Paula Rego e sabe de fonte segura que o craque convidou toda a família Aveiro para uma sardinhada num quadro de José Malhoa para festejar a sua saída do Manchester.