23 de julho de 2008

Prémio para primeiro ladrão em Portugal que roubou um iPhone decidido em foto-finish

Foi esta semana lançado em Portugal o iPhone, o telemóvel da Apple que reúne algumas funcionalidades como leitor de música, câmara digital, GPS e navegação na Internet. A disputa pelo título de primeiro ladrão a roubar um iPhone vendido em Portugal foi imprópria para cardíacos, com os dois melhores ladrões a disputarem palmo a palmo a vitoria. Segundo o júri, a prova foi extremamente competitiva, já que analisando todas as câmaras de vídeo-vigilância no país, o intervalo de tempo entre o terceiro assalto e o vigésimo assalto foi de apenas três minutos, sendo que dez assaltos foram efectuados na Quinta da Fonte em Loures e tiveram como alvo o mesmo iPhone que foi sucessivamente roubado por ladrões diferentes. Após análise atenta do foto-finish, o júri decretou como vencedor o indivíduo de 13 anos de raça negra, detentor do capuz nº 34, que foi 4 décimos de segundo mais rápido a roubar o iPhone do que o caucasiano toxicodependente que concorria com o capuz nº89.