22 de julho de 2008

Dores e birras dos bebés antecipam subidas do crude e das taxas de juro

Depois da utilização de animais para prever terramotos, como o inovador método desenvolvido por cientistas na China baseado na observação das alterações de comportamento das cobras, capazes de sentir um terramoto a uma distância de 120 quilómetros, até cinco dias antes do fenómeno ocorrer, um grupo de economistas e analistas financeiros está a utilizar um método de previsões macroeconómicas. A partir de uma amostra do comportamento de 50 mil bebés de diferentes países ocidentais, verificou-se que em todas as sessões em que os índices do Dow Jones e Nasdaq fecharam em alta, os bebés passaram a noite anterior a dormir a noite inteira sem acordar aos berros. Foi possível confirmar esta capacidade de previsão em relação a muitos outros comportamentos. Regurgitação constante significa aumento do preço do petróleo, maior apetência pela chucha antecipa aumento significativo do desemprego e a tendência para as cólicas antecipa subida das taxas de juro.