30 de novembro de 2007

Filoxera ataca acabamentos de luxo de T4´s do Alqueva

A zona do Alqueva está a ser mais afectada por pragas agrícolas do que as zonas portuguesas que se dedicam à Agricultura. Os Courts de ténis e campos de golfe de um empreendimento turístico da Espirito Santo Hotéis, considerado Pin Mais, foram atacados por formigas cortadeiras e bichos-furões, provocando o caos e o abandono por parte dos clientes hospedados. Num Hotel do Grupo Pestana localizado no complexo turístico do Alqueva, os papéis dos pedidos dos pequeno-almoços colocados na maçaneta das portas dos quartos foram roídos por carrapatos-estrela que também já destruíram neste hotel mais de 100 garrafas de champanhe, 50 toucas e todos os jacuzzis dos quartos. José Roquette, o responsável pelo projecto Parque Alqueva considerou insuficiente e pouco ambicioso o plano de ajuda do Governo que irá pagar um euro por cada bola de ténis destruída.