21 de novembro de 2007

Contratados os melhores jogadores portugueses de Tetris para encaixar camas nos corredores do Hospital de Faro

A crise no Hospital de Faro está a ser resolvida com uma criatividade inédita. Além da gestão logística inteligente para preencher o exíguo espaço com o maior número de macas possível, a organização das mesmas obedece a um conjunto complexo de critérios que transformam esta tarefa "numa charada desafiante para os neurónios" nas palavras dos jogadores. As macas dos homens terão de ficar de costas para as macas ocupadas pelas mulheres por questões de privacidade e as camas com doentes infectados não poderão estar próximas das camas dos restantes.