11 de outubro de 2007

Portugueses endividados não conseguem acabar a colecção de fascículos da Planeta de Agostini

O sobreendividamento das famílias já atingiu o mercado dos fascículos. O número de quiosques que declararam dificuldades de logística devido ao incumprimento dos clientes que tardam em vir buscar os fascículos atrasados aumentou em 12,3 %. A Planeta de Agostini, numa decisão sem precedentes, decidiu aliviar os consumidores alterando a periodicidade dos fascículos de semanal para quinzenal, aumentou o número de fascículos, reduzindo o conteúdo de cada um para o preço ser mais baixo. As alterações atingem as colecções "Os nossos queridos carros anos 80", "Ana dos cabelos ruivos", "Serviço de porcelana da Disney" , "Atoalhados Tuning do Noddy", entre outras. “As crianças estavam habituadas a receber um robot no primeiro fascículo. A partir de agora, um fascículo tem uma tampa para a orelha esquerda, uma carcaça frontal da cabeça, uma máscara de plástico para os olhos e cinco parafusos de 2,6, x 6 mm, mas são as contingências do mercado", afirmou Juan Pablo Agostini.