12 de outubro de 2007

Bloco de Esquerda quer ambulâncias dos bombeiros a fazerem abortos

Francisco Louçã congratulou-se pelas mais de 1.400 mulheres que abortaram nos últimos dois meses, desde a entrada em vigor da nova lei da despenalização da interrupção voluntária da gravidez. O dirigente bloquista considera estranha a relação entre o elevado número de nascimentos em ambulâncias e a ausência de IVG em viaturas dos bombeiros. "Se nascem crianças em ambulâncias porque a maternidade mais próxima encerrou e se os bombeiros até já recebem formação para realizarem partos, porque é que não recebem formação para realizarem IVG´s caso a Clinica Los Arcos ou a El Bosque mais próxima seja a mais de 100 quilómetros?", afirmou Louçã.