5 de junho de 2010

Salão Erótico lança filme sadomaso “Golden Share” em que português dá porrada a espanhol que queria comer a brasileira

A decorrer até dia 6 de Junho na FIL, no Parque das Nações, o 6º Salão Erótico de Lisboa está este ano ainda mais virado para a vida económica e para a actual turbulência dos negócios da PT. No Deluxe Club, espaço requintado onde é possível assistir a ardentes espectáculos de striptease e sessões de cinema em 3D, estará em exibição o violento flme “Golden Share”. Segundo a sinopse, Santiago Valbuena, gestor da Telefónica, quer possuir em exclusivo uma gostosa ninfeta chamada de Vivo e faz propostas de 5,7 mil milhões e depois de 6,5 mil milhões para ficar com metade da semana pertencente ao parceiro português de Vivo, o português Zeinal Bava, que rejeita as ofertas por considerar a Vivo um valor estratégico da sua vida sexual. No fnal do filme, Valbuena tenta violentar sexualmente Zeinal Bava e Vivo mas José Sócrates, através da sua arma letal golden share, salva o casal e ainda coloca o espanhol amarrado a uma cama completamente humilhado.