20 de junho de 2010

Queiroz diz que amigável com Costa do Marfim cumpriu objectivos e espera agora com a Coreia fazer uma boa estreia no Mundial


O primeiro jogo de Portugal no Mundial acabou com um empate a zero com a Costa do Marfim. Criticado pelo desempenho da selecção portuguesa, o seleccionador nacional considerou que a selecção cumpriu de forma satisfatória o que era pretendido. Segundo Queiroz, o mais importante antes do começo do Mundial é continuar a fazer um bom estágio, treinar bem, preparar com serenidade a competição, ganhar rotina de grupo, estabilizar processos e fazer uma gestão racional do esforço para evitar lesões. “O jogo com a Costa do Marfim era um treino. Interessava muito mais uma boa suadela que o resultado. Mau sinal seria se os jogadores já estivessem na plenitude. Isso é que não iria permitir iniciar o Mundial na máxima força. O primeiro jogo do Mundial será com a Coreia e o mais importante é não perder. Vamos depois tentar ganhar ao Brasil para depois chegarmos ao terceiro jogo com a Espanha sem estarmos dependentes da vitória para passar o grupo”.

Publicado no Inimigo Público