10 de março de 2006

Pose

Nunca percebi aquela pose do Cavaco. Em Portugal, uma pessoa acessível, comunicativa, sorridente, descontraída nunca passará de padrinho de uma marcha popular.
Agora Cavaco, não. É uma pessoa importante, séria, rigorosa e credível. Cada vez que Cavaco fala, os jornalistas juntam-se em grupos de 20 para descodificar o que Cavaco quis dizer, que significado, paira sempre o mistério no ar...

Cavaco quando fala deve fazer eco como nos filmes.

Qualquer porteiro de discoteca poderia ser Presidente da República:

-Ar esticadinho

-Ar tenso

-Atitude estilo "Quem é você?"

-Atitude estilo "Eu não o conheço!"

-Atitude estilo "Vem recomendado?"

-Frases confiantes e arrogantes :

Cavaco:"Raramente tenho dúvidas", "Deixem-me trabalhar", "Desculpe mas não vou falar", "Só falo quando entender que o devo fazer"

Porteiro: "Tem cartão da casa?", "São 50 euros", "Desculpe mas não vou deixá-lo entrar", "Só o atendo quando entender que o devo fazer"

Cada vez que um porteiro fala, putos e pitas juntam-se em grupos de 20 para descodificar o que o porteiro quis dizer, que significado, paira sempre o mistério no ar... (50 euros mas com direito a quantas bebidas? 50 euros para todos ou só rapazes? Será que ele exigiu 50 euros porque não nos quer lá dentro ou isto é mesmo selectivo? Será que é porque somos rapazes a mais?