8 de março de 2006

Linhas Aéreas (Literalmente!!!)

Em Portugal há centenas de aeródromos e pistas de aterragem de aeronaves que não são vigiados por ninguém. Teme-se que esta situação esteja a ser aproveitada por redes de tráfico de droga.
O Biscoito pode adiantar, em absoluto exclusivo uns dados confidenciais. Biscoito admite que violou o segredo de justiça nas mais maradas posições do Kamasutra, apesar de depois de "quebrar o gelo e outras carnes moles", o próprio segredo de justiça apanhou-lhe o gosto e já pedia marotices e miminhos da pesada. Sem mais demoras aqui está: duas pistas de aterragem estão já identificadas como frequente meio para o tráfico da droga. São as carecas de António Vitorino e Fernando Seara.