25 de novembro de 2010

Estátua de Florbela Espanca no Parque dos Poetas em Oeiras já se enrolou com mais de 30 poetas

A estátua de Florbela Espanca tem reproduzido com total fiabilidade a vida tumultuosa, os afectos instáveis e a intensidade erótica da poetisa. Os 12 hectares do Parque dos Poetas, projecto da Câmara Municipal de Oeiras inaugurado em 2003, têm sido o cenário de algumas das manifestações de desejo lancinante mais excêntricas de sempre, fazendo os reality shows da TVI parecerem tão entediantes como o quarto de um casal português depois de alguns anos de casamento. Florbela já teve one night stands com as estátuas de Camilo Pessanha, Teixeira de Pascoaes, Mário de Sá-Carneiro, José Gomes Ferreira e José Régio, deu umas beijocas depois do jantar mas não chegou ao sexo com Vitorino Nemésio, Miguel Torga e Jorge de Sena, teve orgias com os heterónimos de Fernando Pessoa, sexo lésbico com Sophia de Mello Breyner Andresen e uma experiência swinger com Natália Correia, Eugénio de Andrade e David Mourão-Ferreira. Teve uma relação meramente fraternal com Ruy Belo e uma paixão assolapada não correspondida por António Gedeão, motivo que levou Florbela a andar uns metros para atirar-se para debaixo do comboio SATU.