1 de novembro de 2010

Escolaridade obrigatória vai passar a ser o Mestrado

Depois do aumento para o 12º ano, José Sócrates decidiu tornar obrigatória a frequência do ensino para todos os jovens até conseguirem obter o Mestrado. Com esta alteração, a legislação laboral também irá proibir a contratação de pessoas menores de 23 anos para trabalhar. Além desta medida, o Ministério pretende combater o balconing nas viagens de finalistas dos Mestrados e o alarmante insucesso e abandono escolar durante o Doutoramento com a criação de Doutoramentos mais práticos para alunos com maiores dificuldades de aprendizagem e a criação de estágios não remunerados para Professores Catedráticos para facilitar a entrada no mercado de trabalho.