26 de maio de 2010

Pepe treina com gordos da Covilhã para ganhar ritmo

Pepe está a fazer um plano de recuperação específico para debelar de vez a lesão que o impediu de jogar nos últimos meses. A condição física de Pepe está tão medíocre que o jogador ainda nem sequer faz exercícios com bola com o resto do grupo. “Estou a trabalhar os aspectos psicológicos do Pepe. Não quero que ele se sinta diminuído ao pé dos seus colegas. Metendo-o a correr 15 minutos à volta do relvado ao lado de dez gordalhões em péssima forma física, ele vai sentir que nem está tão mal quanto isso. Depois é preciso critério a escolher os gordalhões. Como eu vou colocá-lo em campo para o terceiro amigável com Moçambique, em Joanesburgo, na semana anterior ele vai treinar com badochas moçambicanos. E depois vai treinar com meia-dúzia de buchas da Costa do Marfim e da Coreia para entrar em campo confiante já em competição. Para ganhar confiança contra o Brasil, vou colocar o Pepe a treinar com outros brasileiros em péssima forma física: o Deco e o Liedson”, explicou Queiroz.