21 de maio de 2010

Adeptos do Benfica a festejar no Marquês: foi a primeira vez que benfiquistas estiveram a tão poucos metros de livros

A proximidade entre o local dos festejos dos adeptos do Benfica e a 80ª Feira do Livro de Lisboa proporcionou alguns factos extremamente curiosos. Segundo o Guinness World Records, no domingo passado foi batido o recorde de proximidade entre um adepto benfiquista e um livro. Passavam 23 minutos das 21 horas quando um carpinteiro de limpos da Cova da Piedade, depois de ter sido empurrado devido à sobrelotação do espaço, ficou a meros 21 metros e 12 centímetros do livro de Bernardo Santareno “O Judeu” da editora Babel, primeiro stand da Praça Verde. De refeir que o anterior recorde data da vitória do Benfica de Trapattoni de há 5 anos, dia em que um reformado da Carris ficou a apenas 25 metros de um livro de Agustina Bessa Luís.