18 de dezembro de 2008

Vendedor de castanhas comove-se depois de reparar em anúncio das Páginas Amarelas de uma empresa sua que faliu há uns anos

Um vendedor de castanhas de Samora Correia, Benavente, ficou sensibilizado depois de ter consultado as Páginas Amarelas de Santarém de 1988. Na secção de comércio de produtos agro-pecuários, o anúncio de rodapé da extinta sociedade por comandita, sediada na Azambuja, publicitava um estabelecimento de prestígio que tinha como lema “A Qualidade é a Nossa Prioridade”. A empresa cumpria todas as normas da CEE, vendia os melhores adubos do mercado com preços sem concorrência, tinha serviço de entregas ao domicílio e disponibilizava ainda uma vasta gama de sistemas de rega exclusivos e produtos de apicultura. Logo a seguir a ter lido o anúncio da sua antiga empresa, o vendedor recebeu a visita de inspectores da ASAE e foi multado por não ter o carrinho feito em inox e por ainda não vender as castanhas nos cartuchos.