13 de abril de 2007

Governo Americano constrói Porta-aviões Liza Minelli para colocar militares voluntários gay

As Forças Formadas Americanas poderão acabar com a discriminação contra os gays devido à dificuldade em mobilizar voluntários hetero para o exército. O Congresso Americano já aprovou um reforço financeiro para a remodelação da indumentária dos militares e para a substituição das habituais garrafas de whisky, sempre presentes nos mini-bares dos militares, por sumos de maçã. “A missão do Iraque absorveu todos os psicopatas, esquizofrénicos e autistas. Muitos militares ainda estão a cumprir o ano de pena que lhes falta por terem assassinado as suas famílias, depois de terem voltado do Afeganistão e do Iraque. Enquanto esses não estão disponíveis, temos que chamar os gays, as únicas pessoas doentes que ainda não foram aproveitadas”, afirmou Bush.