13 de abril de 2007

Estabelecimentos de Mirandela lançam a alheira do dia seguinte

Depois do relatório que refere a presença de uma bactéria responsável por abortos espontâneos na maioria das alheiras, os estabelecimentos já estão a lucrar. A alheira do dia seguinte já está disponível gratuitamente nos Centros de Atendimento a Jovens e em Centros de Saúde ou hospitais. Este método contraceptivo de emergência só será vendido mediante a apresentação de uma receita carimbada por um merceeiro devidamente autorizado. A Organização Mundial de Saúde já considerou este meio de contraceptivo seguro e, para juntar o útil ao agradável, pondera a sua distribuição nos campos de refugiados e nos programas de saúde reprodutiva de responsabilidade das Nações Unidas.