28 de maio de 2011

Escândalo em comício do Partido dos Animais: foi servida carne assada

O Partido pelos Animais e pela Natureza, novo partido político português que assume-se como ecologista independente, começou da pior maneira a campanha eleitoral. Apesar de lutar pelos direitos dos animais, o partido organizou um almoço convívio em que a ementa era Pá de Porco no Forno com Molho de Chouriço, chispalhada, faisão guarnecido, codornizes em escabeche e secretos de porco preto alentejano. O Inimigo apurou que o partido está a usar plástico e papel não reciclado no material de campanha e tem um tempo de antena com a maior pegada ecológica de todos os partidos. O presidente do partido, Paulo Borges, pediu desculpas pelo sucedido e prometeu que vai compensar as emissões de dióxido de carbono, plantando 50 de árvores autóctones e salvando a foca-monge-do-mediterrâneo, a boga portuguesa, o tritão-palmado e a osga turca, espécies em risco de extinção.