10 de abril de 2011

Tribunal de Setúbal faz criação de chocos para ter tinta de borla para imprimir

O Tribunal de Setúbal, que estava sem tinta para as impressoras por falta de pagamento do Ministério da Justiça à empresa fornecedora, já resolveu o problema sem ter gasto dinheiro nenhum. O tribunal já está a recorrer às técnicas da aquacultura e faz criação de chocos em vários aquários instalados no local. “O Snack Bar Cais 56, restaurante aqui de Setúbal onde se come o melhor choco frito do mundo, forneceu-nos alguns chocos para começar a colecção. O choco é um bicho que se reproduz muito bem. Cada choco tem uma bolsa de tinta que dá para encher totalmente um tinteiro de 25 euros da impressora Lexmark”, explicou um juiz.

Siga o Biscoito no Facebook AQUI