7 de abril de 2011

Próximos programas de estabilidade e crescimento serão comunicados por Paulo Futre

Independentemente de quem ganhe as eleições, o próximo governo terá de implementar medidas de austeridade muito mais duras que as do PEC IV. Tanto o PS como o PSD já contactaram Paulo Futre para que este passe a ser o responsável por comunicar ao país as medidas mais desagradáveis, evitando as intervenções desastrosas de Teixeira dos Santos, criticadas até por elementos de topo do Partido Socialista. “Os portugueses não querem uma esfinge que se refugia em explicações técnicas que ninguém vai entender. Os portugueses querem uma pessoa com carisma, sincera, autêntica, uma pessoa que fale a mesma linguagem do povo ao ponto de dizer toda a verdade que dói e todos os portugueses ainda acharem graça e sentirem que as coisas fazem sentido”, explicou Passos Coelho. ”Esta é a nossa linha. Estamos fodidos. Os gajos lá de fora estão a apertar, não temos dinheiro e temos de aumentar à bruta todos os impostos até conseguirmos pagar tudo. Esta é a nossa linha”, ensaiava Paulo Futre num palanque ao lado.

Siga o Biscoito no Facebook AQUI