7 de abril de 2011

Passos Coelho admite privatizar parte do PSD

O líder do PSD admitiu, em entrevista à agência Reuters, privatizar parte do Partido Social Democrata, uma das medidas que deverão constar do pacote de privatizações, caso ganhe as eleições legislativas antecipadas. “Não faz sentido manter o PSD como está. Vamos tentar vender a tralha cavaquista que é pouco eficiente e dá muita despesa. Podemos manter a maioria do PSD mas o resto poderá ser disperso por outros partidos e aforradores para equilibrar as contas”, concluiu.

Siga o Biscoito no Facebook AQUI