8 de abril de 2011

Passos Coelho substitui portátil azul Magalhães pelo laranja Sá Carneiro

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, pretende erradicar os pilares simbólicos destes seis anos de Partido Socialista, à semelhança dos talibãs, que quando chegaram ao poder, no Afeganistão, em 2001, destruíram todas as estátuas de budas. Passos Coelho pretende criar uma nova língua com novos vocábulos que sirvam para fazer propaganda ao regime, ideia inspirada no governo hiperautoritário da obra “1984”, de George Orwell. O Sá Carneiro, que será o primeiro computador 100% português, vai ser produzido pela JP Sá Couto a partir de um modelo arcaico da Intel, vai ter o sistema operativo Miguel Macedo Linux, um Processador Passos Coelho de 900 Mega Relvas, 1 Catrogabyte de memória RAM, disco rígido de 30 Catrogabytes, ecrã de 9 Nogueiras Leite e bateria com autonomia para 3 Cavacos Silva.

Siga o Biscoito no Facebook AQUI