12 de dezembro de 2009

Dono de restaurante matou concorrente como retaliação à decisão de fazer o cozido à portuguesa no mesmo dia

A Polícia Judiciária deteve um homem de 54 anos por ter assassinado na quarta-feira um concorrente seu de 63 anos, na zona de Vinhais, em Vila Real. A vítima foi surpreendida pelo agressor que o abalroou com um tractor e de seguida lhe deu um tiro mortal à queima-roupa. O homicida ficou em prisão preventiva e já assumiu a culpa. "Cada um tinha o seu negócio. Ele era mais grelhados, eu mais focado nos pratos de panela. Esta semana meteu o cozido à quinta-feira por menos um euro que eu. E andava aí a dizer que o cozido dele era melhor que o meu. Que eu usava orelheira, beiça e salpicão com pouca qualidade. Que ele regava com o caldo onde tinha cozido as carnes e os legumes e eu metia água engarrafada. Ele assinou o cheque e eu descontei-o", afirmou o arguido.

Publicado no Inimigo Público de 4 de Dezembro de 2009

Edição online do Inimigo Público aqui