23 de novembro de 2009

Gays sonham trabalhar na Loja do Cidadão na actualização dos bilhetes de identidade de gays casados

A legalização dos casamentos entre homossexuais está a entusiasmar a comunidade gay e a criar novas fantasias sexuais. A todas as Lojas do Cidadão têm chegado diariamente milhares de currículos de gays sedentos por um posto de trabalho na futura secção gay do Registo Civil. “Não me importo de ir para uma cidade fora da minha área de residência. Faço fins-de-semana, feriados, aceito folgas rotativas, horários rotativos, horas extraordinárias, aceito ser mal pago e não me importo de ter uma situação laboral altamente precária. Eu quero é conhecer os primeiros gays casadinhos de fresco e ir para a cama com eles todos. Só de pensar nisso até fico com o pêlo todo eriçado”, testemunhou um gay.

Publicado no Inimigo Público de 20 de Novembro de 2009

Edição online do Inimigo Público aqui