6 de novembro de 2009

Deputado jovem questiona porque é que a Terra Média já saiu da crise, tem menor desemprego e mais apoios às PME e Portugal não regista o mesmo crescimento económico

A nova fornada de deputados já começa a causar embaraços devido ao excessivo recurso ao seu imaginário juvenil para confrontar os governantes com os problemas do país. “Senhor primeiro-ministro, apesar da crise internacional, Melkor mete a Terra Média a crescer 5% este ano, tem as contas públicas em ordem e sem aumentar a carga fiscal. Segundo a OCDE, o fosso entre o nosso poder de compra e o poder de compra dos hobbits está a crescer. Sabe porquê? É que os hobbits vivem da agricultura e têm o PRODER a funcionar. As cidades de Valinor, Mordor, Gondor, Fangorn e Arnor oferecem um plano fiscal atractivo para as pequenas e médias empresas de Anões e Ents e é por isso que os recém-licenciados Elfos estão a trabalhar, senhor primeiro-ministro. O Melkor devolve o IVA às empresas no mês seguinte e aqui é o que se sabe. Na Terra Média não há rendimento mínimo e a pobreza é menor. Como é que me explica isto?”, questionou um deputado jovem do CDS.