2 de abril de 2009

Metade das lixeiras a céu aberto em Portugal já aderiram ao feng-shui

A adaptação feng-shui das lixeiras portuguesas tem sido bastante elogiada em vários países do mundo. Este método exclusivamente português consiste em usar os elementos energéticos dos detritos de forma a criar uma combinação que estimule o equilíbrio, bem-estar e a harmonia. “As lixeiras têm um padrão energético muito particular e exigem fortes contrastes e especial preocupação com a luz, a cor e os brilhos. Pintámos todos as carcaças de automóveis de ascendente serpente em azul forte, os pneus de vermelho e os carros acidentados de alta cilindrada em laranja. Colocámos velas e lamparinas a cercar os resíduos hospitalares. Aqueles arranjos de flores e plantas vivas dão um toque muito dinâmico e festivo à secção violeta/púrpura dos materiais corrosivos”, afirmou uma consultora.