1 de abril de 2009

Andorinhas que estão a voltar de Angola na Primavera para Portugal constroem ninhos mais faustosos que as de outros países

O fulgor económico angolano já se reflecte no estilo de vida das andorinhas. Os ninhos das andorinhas vindas de Angola são feitos com lama do Mar Morto, revestimento de pele de búfalo e a palha é feita a partir de gramíneas de bambu, cana de açúcar e arroz basmati. As famílias de andorinhas angolanas utilizam aves oriundas de países mais pobres para a construção dos seus ninhos duplex, para apanhar insectos e cuidar das crias. A localização dos seus ninhos é reveladora do seu nível económico e social. Os ninhos são instalados exclusivamente nos beirais dos edifícios luxuosos da Linha de Cascais com vista para o mar e os seus ninhos de fim-de-semana estão situados em montes alentejanos, Aroeira ou Belas.