9 de abril de 2009

Árbitro foi burlado por prostituta por causa da mudança da hora e já não vai beneficiar clube de futebol no próximo jogo

Um novo escândalo está a assolar o futebol português. Na madrugada de domingo do dia 29 de Março, num hotel localizado no Norte do país, um árbitro queixou-se da falta de compromisso do presidente de um clube de futebol. “Estava tudo combinado com o presidente. Eu escolhi a “Acerola” porque gostei da franja. Ela chega ao hotel à 1 hora da manhã. Depois de um minuto de conversa de circunstância, eu começo a despi-la e ela diz-me que o tempo já tinha acabado porque eram duas da manhã e o serviço era de uma hora. Ela foi embora e o presidente recusa-se a ofertar-me da forma justa. É um escândalo! Na próxima jornada não irei fazer vista grossa para dar a vitória a esses senhores”, afirmou o árbitro.