14 de abril de 2009

Ícone de rato faleceu em ponto negro de estrada portuguesa no Google Maps

Um acidente de viação virtual que vitimizou mortalmente um ícone vem dar razão à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária Virtual que identificou 145 e-pontos negros nas estradas portuguesas do Google Maps. O ícone residia há 4 anos num Pentium IV e já tinha antecedentes causados pela má qualidade de construção das estradas de mapas virtuais. “O ícone de rato já tinha tido vários sinistros em mapas linkados das Páginas Amarelas. Há três anos, embateu contra uma pop-up enquanto circulava no IP3 junto à descida do Botão. Recentemente, deixou um ficheiro AVI com codecs amolgados enquanto circulava na EN 234, próximo de Nelas, outro ponto negro famoso. O sinistro fatal de hoje (ontem) ocorreu na Nacional 10 (Almada – Setúbal). Esta é uma estrada com 4 pontos negros graves. Muitos ícones, principalmente os que têm a forma de mão, já perderam aqui a vida”, afirmou a brigada de trânsito.