17 de janeiro de 2008

ASAE apreendeu milhares de cantores das Janeiras

A Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) fez uma mega-operação em 4137 coros das Janeiras da qual resultaram 3500 processos de contra-ordenação. Segundo fonte oficial, 1456 coros, incluindo os que cantaram as Janeiras ao primeiro-ministro e a Cavaco Silva, foram encerrados por terem ultrapassado largamente a taxa legal de alcoolemia, por não disporem de livro de reclamações, por terem tocado em pandeiretas e bombos não homologados e por drástica falta de higiene pessoal. Os coros estarão impedidos de cantar as Janeiras durante os próximos dois anos, prazo concedido para regularizar a situação, podendo reatar a actividade artística após nova inspecção.