6 de junho de 2006

Livro de Carrilho está na categoria de Esoterismo da Fnac

Carrilho começou por se sentir lisonjeado com a atribuição desta categoria afirmando: “tenho experimentado a sensação de fundir a minha alma com Deus, sendo que Deus sou eu próprio quando estou nos meus dias. Tenho passado por um caminho de purificação e iluminação através de uma vida simples. Para mim a vida é para ser vivida experimentando o mundo sob a perspectiva da eternidade”. Depois de ter sido aconselhado por um advogado, daqueles matreiros, Manuel Maria decidiu processar a Fnac. Apelidou-a de estar em conluio com o mundo de meretrizes dos média e de ser mais uma célula do terrorismo da inveja. Carrilho aproveitou mesmo este assunto para lançar um livro que vai ser apresentado na Fnac por António Cunha Vaz com o título : “Fnac porque fostes tão má para mim?”O livro estará na secção de Esoterismo a partir de 1 de Julho. Instado a comentar esta nova inclusão Carrilho terá dito: tenho experimentado a sensação de fundir a minha alma com Deus, sendo que… “